Prefeitura de Irapuã  formaliza o Consórcio Intermunicipal de Saúde da Região de Catanduva (Consirc)

  Prefeitos das cidades da região estiveram em evento para assinatura de contrato

 

O Prefeito Municipal de Irapuã Pe. Oswaldo Alfredo Pinto   participou   na manhã do dia  29 de fevereiro 2016  na cidade de Catanduva  ,juntamente com 18 prefeitos da região para a formalização e constituição do Consórcio Intermunicipal de Saúde da Região de Catanduva (Consirc). A reunião, que também definiu membros para compor o Conselho de Prefeitos, foi no Auditório do Paço Municipal.

 O consórcio traz diversos benefícios para todos os municípios envolvidos. O consórcio traz facilidade para todos os municípios, ajuda a trazer recursos e dividir a conta. Não serão impostos quais os serviços, cada cidade entra naquilo que é importante para ela.

Todo os prefeitos assinaram o contrato do consórcio e o conselho de prefeitos foi definido: Geraldo Vinholi foi escolhido presidente; como vice-presidente ficou o prefeito de Ariranha, Fausto Júnior Stoppa; diretor financeiro foi escolhido o prefeito de Tabapuã, Jamil Seron; diretor de patrimônio ficou o prefeito Gilberto Rosa, de Itajobi e como secretário Toshio Toyota, de Novo Horizonte.

Participaram desta reunião os 19 municípios da região de Catanduva, que estão dentro do Projeto de Lei e autorizados a integrar o Consirc: Catanduva, Ariranha, Elisiário, Embaúba, Fernando Prestes, Irapuã, Itajobi, Marapoama, Novais, Novo Horizonte, Palmares Paulista, Paraíso, Pindorama, Pirangi, Sales, Santa Adélia, Catiguá, Tabapuã e Urupês.

Consórcio

O consórcio intermunicipal na área da saúde é visto como uma associação entre municípios para a realização de atividades conjuntas referentes à promoção, proteção e recuperação da saúde de suas populações. Como iniciativa eminentemente municipal, reforça o exercício da gestão conferida constitucionalmente aos municípios no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS).

Dentro do consórcio vários serviços poderão ser incorporados, desde que seja de interesse comum entre os municípios, como: SAMU, UPA, CEO, CAPs, entre outros, sendo que os custos gerados por estes serviços são rateados entre os municípios integrantes do consórcio.

Palavras-chave

Comentários